segunda-feira, 16 de março de 2009

o fogo e as cinzas



Nos restos queimados do incêndio que lhes consumiu a alma, ficou, esquecido, o que ambos decifraram um do outro, significadas emoções em cinzas, páginas viradas que se armafanharam, contorcidas na dor da chama.

14 comentários:

Gi disse...

E estes desaparecimentos não há seguro que pague.

Ka disse...

MAs cada dia é uma página nova ... :)

Uma óptima semana!
Beijinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mas talvez amanhã seja possível atiçar um novo fogo que minimize os estragos. E cada um renascerá...

annie hall disse...

Fica sempre qualquer coisa , e ainda bem .

Si disse...

Annie,
Ainda bem que venceu a timidez...
Beijinhos

pedro oliveira disse...

E o renascer das cinzas?...

Devaneante disse...

Por vezes é necessário queimar essas páginas para poder escrever páginas novas...

BlueVelvet disse...

Espantoso como numa pequena frase ficou tanto dito: o resumo de tantas vidas.
Embora eu saiba que nunca irei perceber como tantas emoções vividas podem ser assim, consumidas pelas chamas e reduzidas a cinzas.
Beijinhos de mim para Si

Patti disse...

É muito ingrato, a dor sobressair quase sempre à alegria.

Fenix disse...

Há coisas que são mesmo para esquecer!
Vivem-se, fazem sofrer, aprende-se, guarda-se a lição para não repetir o erro e queima-se a memória do acontecimento.
Fica só a aprendizagem.
E "o que não nos mata torna-nos mais fortes"!

Beijinhos
São

1/4 de Fada disse...

É uma pena quando isto acontece... eu considero-me uma pessoa feliz, consegui passar por isto como as salamandras.
Já me marcou falta de presença? É que se assim for devo estar a fazer uma daquelas provas de recuperação previstas na nova legislação dos alunos...

paulofski disse...

Pedaços de vida que o fogo devora, fagulhas negras largadas ao vento
das cinzas renasce na dor por ora,
a esperança e cor de um novo tempo.

once disse...

"incêndio que lhes consumiu a alma" .. porventura a única parcela intacta nos "incêndios da vida". Gostei da imagem que vi nestas poucas e cheias linhas, Si.
Parabéns.

Si disse...

Once, seja bem vinda.
Sirva-se à vontade das linhas e das imagens.