sábado, 7 de março de 2009

mulher, apenas


(clicar para aumentar)

Nasci Menina,
Mulher me fiz.
Em dor pequenina,
fui Mãe feliz
de outra Menina
que se fez Mulher
e n'altura devida
gerará outro ser.
Proeza divina,
haja o que houver,
será sempre sina
de uma Mulher.

8 comentários:

Devaneante disse...

Não sei se divina, que nestas coisas de divindades sempre fui muito céptico, mas sem dúvida uma grande proeza, talvez a maior do mundo, e por isso mesmo me parece deslocada a palavra que acompanha a mulher no título deste texto.

Bem sei que a inveja é um sentimento feio, mas invejo-vos por causa desta proeza.

salvoconduto disse...

Além de menina, também poetisa.

Bom fim de semana.

Fenix disse...

Lindo!
Lindo!
Com palavras simples e em organização especial, explicas a Mulher de forma magistral!

Beijinhos e bom fim de semana
São

Vekiki disse...

Tão só é esta a vida da Mulher. Tão só e tão tanto.
Lindas as linhas e as palavras.
De Mulher e de Mãe :)
Beijo Si!

Antonio saramago disse...

Abençoada roda a Mulher que se presa de pôr no mundo um fruto gerado por Si.

Antonio saramago disse...

Desculpa as calinadas anteriores e festeja com alegria o dia de amanhã.

Si disse...

António,
Não se preocupe, caro amigo, eu percebi perfeitamente!
Obrigada!

Gi disse...

A filhota já fez anos, Si?
Já tem 18 anos?