domingo, 25 de janeiro de 2009

ponto da situação # 15




Querido Diário,

Hoje, deixo-te um registo muito especial. Na sexta-feira passada, li isto:

ACIDENTES RODOVIÁRIOS
Primeiros quinze dias com 27 mortos
19 01 2009 16.22H
Os acidentes nas estradas portuguesas já provocaram este ano 27 mortos, mais três que em igual período do ano passado, indicam dados hoje divulgados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).
Destak/Lusa

Segundo a ANSR, nos primeiros quinze dias deste ano morreram 27 pessoas em acidentes rodoviários, enquanto no mesmo período de 2008 morreram 24.
Em contrapartida, o número de feridos graves diminuiu nos primeiros quinze dias do ano, tendo ficado feridos com gravidade menos 12 pessoas.
Os dados da ANSR indicam que entre 01 e 15 de Janeiro ficaram gravemente feridas 69 pessoas, número que no ano passado se situava nos 81.
Lisboa, com quatro mortos, e Santarém, com três, são os distritos com o maior número de vítimas mortais em acidentes rodoviários.
Braga, Castelo Branco, Évora, Guarda e Vila Real foram os distritos sem mortos nas estradas nos primeiros quinze dias do ano.
Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram no ano passado menos 82 mortos e 529 feridos graves do que em 2007, mas o número de acidentes com vítimas mortais dentro das localidades aumentou oito por cento.

Depois de ter andado a conduzir o dia inteiro, no meio do temporal que esteve, onde as rajadas de vento forte, a chuva e o nevoeiro cerrado não arredaram pé, senti-me feliz por, finalmente, meter a chave na porta e verificar que todos tínhamos chegado a casa, inteiros e incólumes. É que alguns, não tiveram a mesma sorte que nós...

Até Domingo, Querido Diário!

Beijinhos,

Si
Actualização: Hoje, por causa do mau tempo e, possivelmente, devido a uma ultrapassagem mal calculada, no IP4, ocorreu um grave acidente, que provocou a morte a uma criança e ferimentos em mais 3 pessoas.

7 comentários:

sol disse...

Quando vou para a escola com temporal e regresso a casa livre de perigo, sinto mesmo.
Beijinho

salvoconduto disse...

Custam-me a aceitar os acidentes com vítimas mortais dentro das localidades, que raio!

Bom Domingo.

Miepeee disse...

Infelizmente os numeros nao param de aumentar e certamente temos que dar gracas por chegarmos bem.
Beijinho e um bom domingo.

Olá!! disse...

Enviei um comentário, mas acho que derrapou na net...
Dizia mais ou menos que pior que as condições atmosféricas são os jabardolas que conduzem sob o efeito de alcool e aqueles a quem saiu a carta na farinha amparo.
Beijossss

de dentro pra fora.... disse...

Como eu te entendo, penso tantas vezes o mesmo...se fosse só os temporais que metem medo, infelizmente tenho mais medos de certos seres humanos que por mim passam, como se nada se passa-se com eles...

Uma boa semana de trabalho...é já daqui a bocadito..

pedro oliveira disse...

Este fds por cá esteve mesmo muito dificil, os problemas de saúde da mais pequena(bronqueolite), fizeram-nos passar um fds por casa, já há muito que não era assim.
boa semana para todos os vizinhos.

PO
Vilaforte

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Os portugueses são, na generalidade, inconscientes a conduzir. Ainda a semana passada, durante a minha estadia por aí, com o granizo a cair forte, vi pessoas a acelerar e a fazer ultrapassagens de risco, como se estivesse um dia de sol.
Infelizmente, durante o dia, a polícia só se preocupa com o excesso de velocidade nas auto-estradas, o resto passa-lhe ao lado.