sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

poemas que se vêem

Amílcar Furtado, da Escola Superior de Educação de Coimbra, compôs e interpretou este poema, em língua gestual portuguesa.

Quem disse que os poemas não se vêem??

A língua gestual portuguesa é objecto de estudo de muitos ouvintes, para que possam comunicar com a comunidade surda. A construção de frases é diferente, de forma a resumir ideias complexas em gestos simples. A partir do momento em que se adquire fluidez nesta língua, a expressão oral, dos ouvintes que a apreenderam, passa, muitas vezes, a conter os elementos gestuais correspondentes, de uma forma instintiva, e o falar com as mãos passa a ter um novo significado, muito mais abrangente. A sua evolução e partilha determinou, por isso, que se passasse de 'linguagem' a 'língua' gestual portuguesa.

14 comentários:

pedro oliveira disse...

Simplesmente, fantástico.
bom fds

Vekiki disse...

É lindo Si!!!
Eu não atino com alinguagem gestual (a minha descoordenação motora é de gritos :)), mas a minha Filha mais velha domina-a (teve dois colegas surdos do 5º ao 9º ano) e o meu filhos mais novo já a pratica com alguma destreza...
Beijos

Gi disse...

Eu adorava brincar ao "Gesto é Tudo", o mais perto que voeei até à língua gestual.

paulofski disse...

Imagino que seja fantástico. Digo imagino porque de onde estou a comentar não me é permitido ver o poema. Tentarei mais tarde de outro local mas não quis deixar de vir cá.

Beijo

Ka disse...

Arrepeiante principalmente porque nos apercebemos no poema que se tenta anular a diferença por vezes de forma mais agressiva...

A audição ou a falta dela é para mim um tema sensível e muito embora ainda não tenha tido que aprender linguagem gestual, leio os lábios e se não tiver os meus aparelhos sinto a mesma dificuldade que muitos surdos.
O silêncio pode ser ensurdecedor mas por vezes quando forçamos a anulação da diferença a violência também é grande.

E a título de curiosidade hoje foi operada uma amiga blogger para fazer um implante coclear e entrar finalmente no mundo do som. Pode espreitar aqui: http://resteadesol.blogspot.com/

Beijinho e um excelente fim-de-semana

BlueVelvet disse...

Fantástico.
Eu sou "muda" nesta arte.
Beijinhos de mim para Si

Tretoso Mor disse...

Si,

E um "gesto" pode valer por mil palavras...

(TRETAS minhas!..)

Tretices grandes para Si.

http://tretas-da-vida.blogs.sapo.pt/

Patti disse...

Notável, Si. Há quem com menos faça tanto e melhor, do que quem tem tudo.

Miepeee disse...

Maravilhoso !
Gostava de aprender a lingua gestual. Por vezes treino a leitura dos labios, tiro o som da televisao e tendo perceber o que esta a ser dito.
Beijinho.

Borboleta disse...

Fabuloso!!

Já agora desafio lá no meu blog ;o)

Beijos

sol disse...

Fantástico, sensível, tocante.
Vou pôr o endereço no meu blog para verem o vídeo.
Beijinho

Filoxera disse...

Surpreendente!
beijinhos.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não consegui ver o poema ( aliás, demrei mesmo bastante a entrar aqui hoje), mas subscrevo o que escreve a Gi. Fiquei-me por aquela brincadeira em que tentávamos adivinhar o que outros nos queriam dizer através de gestos.

1/4 de Fada disse...

Fantástico. Dei vários anos aulas a alunos invisuais e amblíopes, de modo que tenho algumas experiências dignas de nota, mas de linguagem gestual não percebo nada e nunca pensei que pudesse ser esta dança maravilhosa.