sábado, 20 de dezembro de 2008

maravilhas do meu Porto


1923

A "Illustração Portugueza" escrevia, em crónica de André de Moura: "Os cafés em Portugal têm sido até agora exclusivamente alfobre de revolucionários, ponto de reunião transaccional de comerciantes milicianos ou apagado espairecimento do caturrismo da velhice. Acaba de dar-se entre nós o exemplo do que deva ser um café. Trata-se do novo estabelecimento desta classe, que vem de inaugurar-se num dos pontos centrais do Porto, à entrada da Rua de Santa Catarina. É um dos mais nobremente sumptuosos que conhecemos, pelo que se justifica bem o seu título: Majestic (...) As senhoras da melhor sociedade portuense frequentam-no e aqui está o exemplo aberto para uma nova e grata função do café no nosso país.

Este é o texto que se pode ler no toalhete de papel, pousado sobre as mesas do café Majestic. A sua história é muito mais longa, anterior a 1923, e está pormenorizadamente contada no site próprio - http://www.cafemajestic.com/ - para quem quiser ler.

Aqui, apenas importa destacar que o Majestic é um local fantástico, que nos transporta imediatamente para um outro tempo, uma outra dimensão, e que nos faz ter orgulho em ser portuense.

As toalhas de linho, com guardanapos do mesmo tecido, têm cheiro a fresco, um cheiro de lavado com sabão azul e seco ao ar em cordas ao sol. A porcelana personalizada, é cuidadosamente colocada com o monograma impresso virado para o cliente, num alinhamento perfeito com os talheres banhados a prata baça e os copos finos.


A mesa escolhida, mesmo ao lado do piano que aos sábados à noite acompanha os jantares mais tardios, tem de um lado cadeiras e do outro o sofá corrido, de couro, que faz de rodapé à parede espelhada e rematada por entalhes de madeira torneados, de tons dourados, em que espreitam faces rechonchudas de querubins.

Estátuas no Jardim de Inverno, testemunham a passagem do tempo num local que não envelhece, até porque a maioria dos empregados tem menos de 30 anos, é extremamente delicada, educada e conhecedora das elementares regras de etiqueta que se adequam ao ambiente.

A lista é diversificada, com petiscos para todos os gostos, dos mais subtis, como os filetes de salmão em cama de legumes, aos mais típicos, como a indispensável francesinha, ou os mais populares, como as pataniscas de bacalhau com arroz de feijão vermelho. Embora um pouco elevados, os preços compensam o arrojo de uma refeição no mais antigo dos cafés do Porto, que não defrauda os paladares com uma cozinha de boa qualidade.

Deixo-vos esta sugestão para o final de um dia passado com as últimas compras de Natal, naquela mágica Rua de Sta. Catarina.

BOM FIM DE SEMANA!!

10 comentários:

salvoconduto disse...

Andei alguns anos a tomar ali, religiosamente, o pequeno almoço.

Lindo, não é vizinha?

Bom fim de semana.

Si disse...

Salvo,
Lindo é pouco, vizinho.
Respira-se história e bom gosto lá dentro.
Bom fim de semana

Pitanga Doce disse...

Si, isto não se faz! Maravilhas do meu Porto? É tudo lindo e se eu tivesse que fazer compras na Santa Catarina, com certeza, já teria cá em casa todos os presentes de Natal. Ó dó!

Si disse...

Pitanga,
Eu sabia que não ia resistir a passear-se por esta rua, sentir o cheiro do Porto e levar para casa a recordação.
É minha convidada de honra no passeio de hoje, por isso aproveite....
Beijinhos

BlueVelvet disse...

Si,
com uma descrição destas, tendo-a como guia, acho que ia gostar do Porto.
É interessante que desde que tenho por vizinhos pessoas da Invicta, comecei a ter curiosidade e simpatia pela cidade.
Beijinhos de mim para Si e bom fim-de-semana

Vekiki disse...

Olá Si!
Bom Dia!

O meu chá está pronto para a receber. É chá de maçã e canela, acompanhado por pão feito em casa e compotas também caseiras. Quanto a este "seu" Majestic, aceito o convite para as pataniscas e arroz de feijão!!! Adoro :-)
Temos que trocar visitas!!!
Beijos

Pitanga Doce disse...

Si, é que nem preciso fechar os olhos. Está tudo à minha frente.

beijos em sábado chuvoso e quente

Miepeee disse...

Si, peco imensa desculpa mas o creme de leite vai ter de ficar para o Ano Novo, esta epoca de compras deixa-me louca, nao tenho tempo nem para me cocar, mas fica prometido que o faco e com fotografias a ilustrar.
Beijinho.

Patti disse...

Estive aì em Agosto na esplanada a tomar uma bebida fresca com a Ka.
É muito bonito realmente.

Gi disse...

Lá irei ... um dia, espero que em boa companhia. ;)