domingo, 26 de julho de 2009

horas de verão


As memórias são o nosso legado.
O que delas fazemos, torna-nos seres humanos diferentes na essência.
Se as guardarmos, estarão lá para quando for preciso aprender com elas, se as desprezarmos, perderemos momentos e situações que nunca se repetirão, tal e qual como o velho cliché que invoca a água do rio .
Aproveito, pois, as horas de Verão, em que a dengosa moleza do mês de Agosto nos atira para a dormência da tradição de um período de descanso, nem que seja de outros que não o nosso, para folhear, na sombra do meu colorido chapéu de sol, páginas soltas deste meu caderno de apontamentos.
A par de textos novos, que publicarei pontualmente, as 4ªs feiras trarão de volta alguns posts que, por uma razão ou outra, mas, sobretudo, porque me deram um gozo particular em escrevê-los, marcaram um patamar neste blog.
Não percam, sentem-se aí à sombra e partilhem-nos comigo, antes que a Nortada as levante e as sopre para longe da memória.

19 comentários:

Antonio saramago disse...

é salútar recordar coisas escritas em tempos passados.
Déste-me uma boa ideia só que parece-me que ando a mais por aqui...

Kinkas disse...

Pois faça isso,Si,mas olhe que os elefantes têm cá uma memória que não cede a Nortadas e não sei se são mais felizes por isso.
Brincadeira minha,claro,mas parece-me que você será nova,( de contente lhe dói um dente),e por isso apressa-se a falar de memórias que afinal são salpicos de um orvalho que ainda não cedeu ao sol da manhã.Kristal

Si disse...

António,
Aproveite esta ideia se o desejar.
Agora, essa de andar a mais por aqui, não me convence. A blogosfera é imensa e cada um tem o seu lugar, o seu espaço, que, por agora, pelo menos, ainda é grátis!!
Disfrute dele e escreva quando e como lhe apetecer, sim??

Si disse...

Kristal,
Serão salpicos, talvez, se assim os quisermos chamar.
Dado que é nova por aqui, faço-lhe este convite pessoal. Deixe-se refrescar com eles, durante as mornas tardes de Agosto em que a preguiça se solta sem culpa. Abrigue-se no meu chapéu de sol e aceite um chá gelado, que, na minha casa, a chaleira está sempre pronta a receber gente boa.
Beijinhos

Antonio saramago disse...

SI, ás vezes passam-me coisas malvadas pelos neurónios, é que eu já destrúi 3 blogues, continuo com trêz e da-me vontade de ir apanhar caracois!!!
Resto de bom domingo e cuidado com o SOL!!!

Teresa Queiroz disse...

é bom recordar o que se escreveu em determinado momento , e reler depois passado muito tempo e sentir o sentido :)

Filoxera disse...

Aqui não tenho esse problema da nortada ;-)
Aguardando, deixo beijinhos.

Rosa dos Ventos disse...

Vou estar atenta!
Vale a pena vir aqui...

Abraço

Pitanga Doce disse...

Para mim vai ser muito bom participar das tuas memórias, mesmo porque, não venho por aqui desde o início do teu De Si Para Si, portanto...

Boa semana, Si, e para mim este será, também ,um domingo a lembrar. Há muito tempo que não ria tanto. Pra falar a verdade, há uns dez meses.

Eu, Julinha e os dois filhos a jogar UNO. Abri o "risador' e não parava mais. Eu estava merecendo isso.

Rosa dos Ventos disse...

Não deixarei de aqui passar.
Vale a pena...

Abraço

CPrice (once) disse...

as memórias são o nosso legado, começa e bem Si :) ainda que por vezes delas retiremos só o que de bom teve a nossa vida nesses momentos. *

Vou certamente acompanhar estas 4ªs feiras :))

Beijinho

Gi disse...

Os meus momentos mais intimistas são os das horas de outono e, principalmente, de inverno. No Verão só me apetece partilhar a paisagem, o sol, o mar e levar a vida numa quase total desresponsabilidade como se voltasse a ser criança.

Mas hoje estou mesmo para o profano. :(

paulofski disse...

As memórias, boas ou más não prescrevem. Pessoais e sempre transmissíveis quando quisermos, com um sorriso malandro ou uma lágrima no canto do olho, apenas simples como são.

Beijinhos

cristina ribeiro disse...

E é sempre um prazer trazermos essas memórias, tantas vezes ansiosas para voltarem à superfície de nós, e gostam que as partilhem...

Justine disse...

Cá fico à espera, ansiosa!
Entretanto, boas férias:))

Si disse...

Justine:
'período de descanso, nem que seja dos outros que não o nosso...'
Ainda vêm longe!!!!!!! : )

Luísa disse...

Já aqui estou sentada à sombra, Si, à espera. ;-D

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Alguma coisa me dizia para não vir aqui antes de regressar a Lisboa. Pronto, mas agora já está e cho que faz muito bem. Eu já tenho iniciativa idêntica preparada para celebrar o 2º aniversário do Rochedo, se entretanto a brigada de costumes ou a ERC não o fecharem.
Tenho umas respostas a dar aos seus últimos comentários lá no CR, mas só quando chegar a Lisboa, mais para o fim do dia, ok?

Si disse...

Carlos,
Vá lá ver o comentário que fiz no seu último post e aproveite mas é a boa onda enquanto ela dura ;)